22.06.2017 Xadrez ou Tartan

Que a moda tem revisitado os anos 90, isso não é novidade, mas de seu mais recente passeio por lá ela trouxe para as coleções de outono/inverno 2017 um elemento da cultura escocesa, que já foi dos punks e, na década em questão, incorporado ao visual dos grunges (em suas inseparáveis camisas de flanela): o xadrez vermelho. Mas não estamos falando do xadrez comum, não, estilo vichy, mas do poderoso tartan, padrão nascido há milênios na Grã Bretanha para distinguir clãs.

 

Com algumas linhas a mais, além das que formam os quadradinhos simétricos das toalhas de piquenique, o tartan caiu nas graças da moda e hoje, mais uma vez, ganha forças em diversas coleções. Mesmo com significado talvez mais vago do que nunca no que diz respeito a cultura – dessa vez ela não está atrelada a nenhum movimento, além do movimento fashion -, essa promete ser a estampa mais vista da estação.

 

Antes bucólico e campestre, o tartan volta modernizado, urbano e com várias cores. A vantagem é que o xadrez típico escocês pode agradar a todos os gostos: desde a forma mais tradicional até abordagens descoladas. Casacos, saias e cachecóis são exemplos de peças que aceitam bem a estampa. Inspire-se na nossa seleção.

 

 

 

 

18.06.2017 Estampa Vichy

A padronagem apareceu no streetstyle como uma forma de brincar com texturas e ilusões de ótica. O xadrez voltou a ser uma tendência presente na moda de rua. O destaque, porém, fica para uma estampa específica: o Vichy.

O desenho surgiu na década de 1950 e foi eternizado nos looks de Brigitte Bardot, especialmente no vestido de casamento que usou para a cerimônia com o ator Jacques Charrier. A padronagem surgiu na cidade francesa de mesmo nome, e desde o ano passado tem despertado o interesse das fashionistas dentro e fora das passarelas.

A diferença deste xadrez para os demais é que ele é simplificado, com uma divisão clara entre as cores e espaçamentos bem definidos. Pense em uma toalha de piquenique ou uma camisa simples em preto e branco (muito comum em festivais de música, por exemplo). Bem diferente do tartan, tão comum em peças de lã.

 

A dica é usar a padronagem para brincar com sobreposições e texturas: uma camisa alongada sob um casaco de pelúcia, um sobretudo sobre uma calça vinilizada, ou ainda combinando com estampas diferentes (as listras são uma boa aposta!)

 

Outro detalhe que não passa batido é o tamanho dos quadrados. Eles podem ser tanto maiores e espaçados, quanto menores e mais juntos uns dos outros, criando um efeito de ilusão de ótica.

 

Apesar de ser a paleta de cores preferida, o preto e branco não é obrigatório no Vichy, e você pode também optar por cores diferentes para variar a padronagem.

 

Depois da overdose de veludo nos desfiles de inverno lá fora, é óbvio que nós também veríamos a textura por aqui. A versão com aparência molhada dá novos ares ao mood oitentista por meio de códigos mais urbanos.

Como usar? Em total looks, shapes esporte e tons sofisticados, tipo vinho e azulão.. Nas passarelas, o visual ecoou na alfaiataria da Giorgio Armani e no evening dress da Valentino, com ar jovem e descolado. Na Dior, Maria Grazia Chiuri transformou uniformes femininos da década de 40 em peças ultrassofisticadas, enquanto a Lacoste apostou num visual esportivo e futurista com o vestido parka com recortes coloridos.


Em alta há um ano, o veludo molhado segue na linha de frente das tendências mais quentes, usados não apenas em looks de alfaiataria esportiva, mas também em peças com perfume étnico. O material, aliás, é perfeito para quem está sempre viajando por ser confortável e não amassar.

O training de veludo molhado da Elie Saab tem nuances transparentes que dão ainda mais personalidade ao conjunto.


A dica é apostar na trend pra dar um toque mais elegante ao look street, deixando a produção com pegada urbana muito mais chique. Outro jeito clássico de adotar o tecido, é combinar com camisas ou suéteres nos dias frios.

Para ficar bem feminina, combine com renda; se quiser fazer a sensual/descolada, coloque uma peça de couro, e quando quiser ares mais descontraídos, coordene com um jeans.

Vejam abaixo uma seleção que fiz especialmente para vocês se inspirarem!

 

 

Oi Madames,

Nessa estação, nosso amor absoluto é pela Camisa Oxford, que vem cheia de babados. Mas também temos um crush por mais itens-desejo que não podem faltar no look de verão: body, panô, jeans oversized…

Body
Fresquinha e colada ao corpo, a peça nos lembra um maiô – superverão!
Na hora de combiná-la a saia, short ou calça, brinque com o mix de cores, estampas e texturas para sofisticar a produção.

Panô
O lenço vai além da canga de praia. Quando for de seda, sai da areia e desfila na cidade. Quer um look inusitado? Amarre-o à cintura e use como saia. Que tal?

 

Camisa Alongada
Apesar de ela ter botões até quase a barra, é muito mais interessante usá-la abotoada só ate a metade. Dessa forma, aberto, o item revela uma segunda peça no look. Qual? Por ser outro hit da vez, a pantacourt soltinha é uma boa pedida.

 

Jeans Oversized
O tecido é o rei da temporada. Quando em modelagem ampla, então, é close certo. As mangas são o ponto-chave da tendência e a proposta é que as mãos fiquem escondidas mesmo.

 

Vestido com Amarração
Ultrafeminino, com nó no colo e babados pela silhueta, é um par cheio de graça para uma jaqueta divertida.

 

 

Vestido Ombro a Ombro
Já que o colo estará de fora, a dica é valorizá-lo ao máximo com brincos poderosos e chockers.

 

Top Cropped
Barriga de fora é lei no verão, – e um jeito simples e chique de montar um look é usando: top cropped + calça de cintura alta e modelagem larguinha.

 

Míni
O vestido míni de mangas compridas é a escolha certeira, especialmente se você estiver a procura de um look sexy e sofisticado. Detalhes como paetês e bordados vão garantir um destaque a mais.

 

Beijinhos
Cah 💋

Oi Madames,

Existe peça mais universal no closet feminino and masculino do que a camisa social azul? Ok, talvez a branca…Mas o fato é que ela vai muito além do look trabalho. Quer uma prova? Aqui tem quatro!

1480379861687596

 

No desfile de outono da A.Brand, no SPFWTRANSN42, o tema foi escapismo pra casa de praia no fim de semana. Pense: roupas confortáveis, clássicas e a cara das férias.

1480381568657294

 

E não é que a camisa de alfaiataria se encaixou direitinho na produção relax? Nem as peças clássicas estão imunes às tendências da moda! No caso, a camisa azul, em versão lisa ou listrada, que ganhou babados mil.

1480545987837096

 

1480380902920578

 

148054437736974

 

Inspire-se no olhar fashion de várias cool girls do mundo e saiba como usar.

Bjss

 

 

 

 

 

Oi Madames,

Hoje vim mostrar um dos looks que usei na ultima semana. Quem me segue no Instagram e por aqui, já notou que eu adoro uma camisa branca, mais ainda quando combinada de uma calça de couro. Usei com um scarpin de verniz e adicionei o lenço à bolsa que deixou o look cheio de estilo. Vejam só:

 

img_7182

 

img_7178

 

Calça – John John | Camisa – Dudalina | Scarpin – Schutz | Bolsa – Tory Burch | Óculos – Miu Miu

 

Gostaram?

Beijos
Cah

 

E quando você achou que jeans + jeans tinha datado…. fashionistas do mundo inteiro provam que não.
É natural que a moda olhe para outras culturas de tempos em tempos, resgatando valores que às vezes parecem um tanto esquecidos pela sociedade moderna. A valorização de diferentes culturas abre amplos horizontes de interpretação, como uma tela em branco para a criação de novas leituras, cada vez mais livres de limitações.

A versatilidade do denim dispensa maiores apresentações.

O item indispensável do dia-a-dia não se resume mais às calças básicas, mas se estende à todas as peças do closet, nas mais variadas lavagens e modelagens.
Garantindo conforto e uma boa dose de praticidade, o jeans jovializa qualquer produção, fazendo-se entender o porquê de ser sempre o queridinho de todas as estações.

Nas próximas temporadas, tecidos 100% algodão resgatam o visual true denim. Os tecidos ganham aspecto vintage com superfícies clareadas e delicadamente manchadas. Apresentam efeitos que simulam o desgaste do tempo, como destroyed, remendos, puídos e ralados. Trabalhos de superfície como patches e recortes geométricos de diferentes tons recebem influências diversas como caubói, militar e indígena.

A aplicação de franjas segue um viés artesanal, complementado por um design de superfície repleto de elementos decorativos que remetem ao espírito aventureiro e alegre do mood. Bordados ornamentais e peles marcam a tendência com uma expressão excêntrica e extravagante.

Oversized por natureza, o modelo boyfriend surge ainda mais maximalista, ora com a barra arrastando no chão, ora em versão cropped – qualquer semelhança com as baggys dos anos 1980 não é mera coincidência. Da década de 1990 voltaram os clássicos jeans de corte reto e cintura alta, que estavam em baixa desde que Kate Moss consolidou a skinny nos anos 2000. Sem dar sinais de que vai perder a força tão cedo, a calça flare segue a onda dos anos 1970 e continua em alta.

Confira alguns dos melhores looks de street style com diversas maneiras de atualizar o jeans.

147139703014292

1471397980223909

1471398548847833

1471399224961985

147140005665181

1471400577223124

 

Gostaram das dicas? Deixem aqui seus comentários, Madames! 🙂

Bjinhos
Cah

 

 

 

 

 

 

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS (C) MADAME CARLOTA                        Programação: Sara Silva