No vaivém da moda, os modelos de cintura alta voltam ao protagonismo.

Primeiro foi o skinny de cintura super alta, o preferido das moderninhas de Londres. Depois, a flare e, na sequência, o mom jeans, aquele meio sem forma, de cós alto, shape reto e comprimento nem lá nem cá. Agora, todos eles estão de volta, convivendo em harmonia.

Se tem cintura alta e modelagem descolada, vale o investimento. E não faltam referências de musas dos anos 80 e 90 para buscar inspirações para looks atuais.

  • Flare

 

  • Skinny

 

  • Mom Jeans

 

A dobradinha jeans e jeans, sucesso há algumas temporadas, ganha folego extra com o mix novo de lavagens e texturas e apesar desse sucesso todo, a combinação ainda gera dúvidas.  Pensando nisso, separei aqui 4 dicas para ajuda-las na composição.

Lavagem igual
É a maneira mais fácil de acertar na composição, portanto, evite misturar peças com lavagens diferentes.

Mix de texturas
Fazer um mix de texturas significa que os ‘volumes’ dos tecidos devem ser diferentes. Peças pesadas têm que ser combinadas com outras mais leves. Por exemplo, uma calça mais pesada combinada de uma camisa com caimento solto e leve.

 

Volume Compensado
Assim como em qualquer outra combinação, no look total jeans também é importante dosar na composição para não exagerar e deixar o figurino carregado. Se optar por uma calça sequinha, opte por uma camisa ou jaqueta soltinha. Ou vice-versa.

 

Acessórios
Na hora de escolher os acessórios, opte por peças coloridas. Evite acessórios que lembrem o jeans, para não carregar demais o visual.

 

E aí Madames, o que acharam?
Inspirem-se!

Beijinhos,
Cah 💋

 

 

 

 

Produto tem FPS 60 e FPUVA 24, textura leve e de fácil absorção

Quem nunca sonhou com um hidratante que tivesse uma ação antioxidante, com um alto FPS e ainda com uma textura leve e refrescante? Pensando nessa oportunidade, a La Roche-Posay uniu a experiência em hidratação corporal da linha Lipikar, a consagrada água termal, à um complexo antioxidante com muito alta proteção solar e ativos renomados da dermatologia, para trazer uma fórmula exclusiva para as consumidoras brasileiras: Lipikar Creme AOX.

 

 

O produto, que chegou ao mercado em meados julho, contém FPS60 – FPUVA 24, apresentando uma incrível textura leve. É rapidamente absorvido pela pele, mantendo-a hidratada por até 48 horas. Com fragrância hipoalergênica, é ideal para o uso diário.

“A La Roche-Posay identificou que as brasileiras já têm o habito de cuidar da pele do rosto, mas o tratamento corporal ainda é feito com hidratantes básicos. Lipikar Creme AOX é o primeiro hidratante antioxidante corporal com alta proteção do mercado brasileiro”, diz Valerio Gargiulo, diretor da marca no Brasil.

Com Lipikar Creme AOX é possível ter três ações comprovadas na pele: hidratação, proteção e prevenção dos danos oxidativos.

1) Hidrata: mantém a pele hidratada por até 48h, repara a barreira cutânea, reduz a perda de água através da epiderme e ainda apresenta redução significativa do ressecamento após quatro semanas de uso;

2) Protege: com sistema filtrante de amplo espectro com FPS 60 – FPUVA 24, protege a pele das radiações UVB e UVA;

3) Previne: os danos oxidativos causados pelos agressores ambientais como a radiação UV, poluentes e variações climáticas.

Fórmula e benefícios

• Manteiga de Karité: relipizante
• Niacinamida: calmante
• Sistema filtrante FPS 60: UVB, UVA Curto, UVA Longo
• Carnosina: antioxidante e antiglicante
• Vitamina E: antioxidante
• Água Termal de La Roche-Posay: Antioxidante e Suavizante

A Gama Lipikar é composta por outras quatro linhas: Lipikar Surgras (sabonete fisiológico antirressecamento para corpo e rosto), Lipikar Baume AP+ (Hidratante intensivo para pele com ressecamento intenso e/ou coceira) e Lipikar Loção (oferece hidratação diária para pele normal e seca, com textura ultra-leve), tudo isso com a formulação exclusiva e alta tolerância garantida pela marca.

Preço sugerido: R$ 79,90 – 200 ml

Modo de uso: Lipikar Creme AOX deve ser usado com a pele previamente limpa. Caso haja exposição ao sol, reaplicar após sudorese intensa ou quando necessário. Aplique por toda a área do corpo massageando suavemente. Pode ser usado de manhã e a noite.

 

 

Os looks de trabalho são desde sempre um sofrimento para as mulheres. Primeiro pois temos que inventar 5 produções diferentes toda semana. Segundo pelas restrições impostas pelo “dress code”.

Afinal, para o “office look” todas nós queremos acertar em produções que passem formalidade, seriedade e é claro, um tempero de estilo!

Para ajudar você nessa missão diária separamos alguns looks formais porém que saiam do óbvio, dando aquele charme necessário que vão fazer toda a diferença!

O truque das 3 peças sempre vai dar a sofisticada necessária no look e ainda é ideal para o inverno. A camisa jeans aparecendo embaixo da um ar mais cool e descontraído, sobreponha com um suéter e finalize com um blazer. O macacão já completa o look sozinho, arremate com o colete para um casual day. E por fim, aposte no maxi-colete e ganhe um charme a mais naquele look básico.

 

A calça pantacourt é uma excelente opção para sair do básico e pode ser arrematada em alfaiatarias super sofisticadas. O salto quadrado torna a produção ainda mais moderna, porém se quiser manter a sofisticação aposte nas sandálias de salto fino.

 

Na hora de ir para o trabalho invista em modelos totalmente oversized, fica super descolado and confortável.

 

Calças sporty com listras na lateral podem e devem ser usadas em ambientes formais. Por serem super tendência vão agregar estilo ao look sem perder a formalidade, use com um blazer da mesma cor ou com uma camisa com as mangas dobradas.

 

Branco e preto são eternos. Os blazers oversized além de disfarçarem o quadril dão outra cara ao office look.

 

Saia mídi vale sim! O modelo plissado garante bossa sem deixar a formalidade de lado. Um truque para garantir estilo no ato é dobrar as mangas da camisa bem pra cima, estilo bagunçado!

 

Peças listradas são ótimas alternativas para sair do óbvio. Para tornar o office look ainda mais moderno invista nas mules que são objeto de desejo mundo afora.

 

Azul is the new black! Opte por peças de alfaiataria azul para sair da mesmice. Repare como a calça cropped junto com o tênis deu uma pegada cool e atual para a produção.

 

Que tal, Madames? Inspirem-se!

Beijos,
Cah 😘

Modelo derivado da moda “maxi” faz sucesso entre as famosas e fashionistas

Quando o assunto é moda, as pessoas não cansam de se reinventar. Todo momento surgem novas tendências; às vezes renovadas de temporadas passadas, às vezes com uma proposta futurista e moderna. Com os acessórios acontece o mesmo. No outono/inverno deste ano, a vedete são os brincos “lustre”. Já ouviu falar?

Os brincos lustre são, como o nome sugere, brincos grandes e pomposos produzidos com muitas pedras e detalhes.

As peças desse modelo que mais fazem sucesso são as bem trabalhadas, ricas em minúcias. Os brincos que possuem mais pedras e detalhes, aliados a um design moderno, têm agradado as mulheres pois eles se tornam o destaque do look.

Porém, deve-se ter muito cuidado na hora de compor a produção. Se o brinco for muito grande não há necessidade de usar colar. Se optar por usar outra peça, o ideal é que seja um anel ou pulseira minimalista. Também é preciso atentar para o tipo de roupa para não sobrecarregar o look.

 

 

 

 

 

 

No grupo de peças essenciais do guarda-roupa de qualquer mulher, as saias nunca deixam de se fazer presentes. Toda mulher tem pelo menos um modelo no armário.

 

Mini Saia
Ela continua, mas não tem nenhum jeito novo de usar. A mini saia está na moda desde os anos 1960, às vezes fica pouquinho, às vezes tem algumas colegas (como a mídi) e às vezes vem sozinha ou pula uma estação, mas ela nunca deixou de aparecer em nossas vidas.

 

A Mini combinada com a bota de cano médio = uma dupla e tanto: o formato em linha A da saia dá um ar girlie ao look, que é devidamente equilibrado pelo peso das botinhas.

 

Esse mood delicado ainda pode ser dosado com saltos de bicos finos, deixando a produção supersexy.

 

O que é importante ressaltar é que ela fica fora dos ambientes formais e não são bem vindas no escritório, ok Madames?

 

Saia Mídi
As saias mídi são um sucesso e o comprimento da vez, mas deve-se tomar muito cuidado, pois seu uso pode ficar a um passo de um look envelhecido. Há diferentes maneiras de usa-la e por ser uma peça super romântica, se encaixa perfeitamente na tendência ladylike. Dependendo do look, pode até ficar com uma cara mais lúdica.

 

-De couro
Ótima maneira de trabalhar essa tendência, pois quebra um pouco do romantismo e dá um ar mais moderno ao visual. Experimente com um salto mais grosso e suéter.

 

-Estampada
Ela quebra a seriedade que o modelo traz. Use com uma blusa de outra estampa e faça um mix poderoso.

 

-Plissada
Com uma camisa jeans, um maxi colar e um salto grosso. Look arrasador, pronta para arrasar durante o dia e a noite!

 

Para conseguir o ar jovial e moderno, aposte em calçados fora do convencional. Experimente peças mais leves como cropped, uma camisa e sempre opte por sapatos decorados e não óbvios.

Para as baixinhas, os looks monocromáticos são a melhor opção, pois alongam a silhueta, sem fazer um “corte” no visual. Outra dica é apostar nas saias de corte reto ou evasê, pois criam uma linha reta na silhueta dando a impressão de alongamento. E nem pensem em rasteirinhas, vamos deixar essa opção para as mais altas, ok?

 

Saia Longa
Democráticas, é uma das peças mais femininas do guarda-roupa de uma mulher. Caem bem em qualquer ocasião, pode e deve ser usada o ano todo.

Para um visual mais despojado, combine a saia longa com peças clássicas, como uma rasteirinha e uma camiseta básica. Impossível errar!

 

Para a noite e ate mesmo uma reunião de trabalho, invista em uma camisa de alfaiataria e, um belo salto alto.

 

E para as baixinhas, seguimos a mesma regra da saia mídi. Invista num visual monocromático, não necessariamente da mesma cor, tons parecidos já dão um efeito de continuidade.

 

Já para as que estão um pouco acima do peso, evitem as de modelo mais volumosos e estampados, por marcar bastante o quadril não favorecem a silhueta. Opte por uma saia de corte reto combinada por uma blusa mais larguinha e garanta um visual bem elegante.

 

22.06.2017 Xadrez ou Tartan

Que a moda tem revisitado os anos 90, isso não é novidade, mas de seu mais recente passeio por lá ela trouxe para as coleções de outono/inverno 2017 um elemento da cultura escocesa, que já foi dos punks e, na década em questão, incorporado ao visual dos grunges (em suas inseparáveis camisas de flanela): o xadrez vermelho. Mas não estamos falando do xadrez comum, não, estilo vichy, mas do poderoso tartan, padrão nascido há milênios na Grã Bretanha para distinguir clãs.

 

Com algumas linhas a mais, além das que formam os quadradinhos simétricos das toalhas de piquenique, o tartan caiu nas graças da moda e hoje, mais uma vez, ganha forças em diversas coleções. Mesmo com significado talvez mais vago do que nunca no que diz respeito a cultura – dessa vez ela não está atrelada a nenhum movimento, além do movimento fashion -, essa promete ser a estampa mais vista da estação.

 

Antes bucólico e campestre, o tartan volta modernizado, urbano e com várias cores. A vantagem é que o xadrez típico escocês pode agradar a todos os gostos: desde a forma mais tradicional até abordagens descoladas. Casacos, saias e cachecóis são exemplos de peças que aceitam bem a estampa. Inspire-se na nossa seleção.

 

 

 

 

A Seivaroma é uma marca especializada em desenvolvimento e criação de fragrâncias. Uma das pioneiras em marketing olfativo no Brasil, tem em seu portfólio marcas como Le Lis Blanc, Mixed, Jogê, Animale, Jo de Mer, entre outras…

 

As fragrâncias são criadas com elementos da natureza.
Difusor de aroma Ginger&Lavender – perfeito para qualquer ambiente.

 

Agora Titcha vem criar uma deliciosa combinação: perfume e decoração. A riqueza natural encanta a atmosfera criada, o blend é único: flores de lavanda azul e alecrim do mediterrâneo, enriquecido com algumas gotas de óleo de gengibre.

 

 

O termo “pot-pourri” foi originalmente utilizado para fazer referência a um jarro repleto de pétalas e flores secas, ervas e especiarias utilizadas para perfumar os ambientes.

Na década de 1980, Titcha introduziu o pot-pourri no Brasil, criando a Coleção Vitoriana para a marca Giovanna Mother, da marca Giovanna Baby, em São Paulo.

 

 

Assim como o sabor da Madeleine levou Proust a mergulhar sua alma em busca do tempo perdido, o perfume de Titcha redescobre o passado para dar novo significado ao presente.

Na inspiração, a fragrância se abre com notas luminosas e refrescantes de bergamota, do limão siciliano e da mandarina verde. Aos poucos, a flor de lavanda – agreste e suave -acompanha o coração pulsante do gengibre e do cravo-da-índia.

 

Especiarias do oriente, do exótico, do mistério que se revela em elegância e encantamento. No fundo, toques de cumarina e de musk branco aportam aconchego, enquanto o patchouly acrescenta nobreza, sobriedade e harmonia à composição.

Titcha é abraço de ar fresco, é aconchego em respiração, é inspiração em arte! Sinta essa atmosfera plenamente… em cores… em texturas… em memórias… em fluidez.

 

 

 

 

 


La vie en Rouge

Na dúvida, vá de vermelho!
Queimado ou aberto, sensual ou boyish, o vermelho (em todas as suas nuances) é a cor do momento. No algodão, na malha, no tricô, no cetim, no paetê, no moletom, no couro, na seda… não importa o tecido: o vermelho foi presença quase onipresente nas passarelas mundo afora, surgindo em looks que podem ir da padaria ao red carpet.

O visual monocromático promete bombar no streetstyle da temporada.

 

Casacos luxuosos e peças ladylike, fazem jus ao potencial poderoso da cor.

 

Vale também usar o tom em diferentes texturas para criar uma produção bastante atual – o veludo é o preferido para brincar com a cor, mas as transparências também foram uma escolha dos estilistas em Milão.

 

Não são apenas as peças de roupa que ficam incríveis em tons de vermelho. Sapatos, bolsa, lenços e muitos outros acessórios vermelhos também deixam o look ainda mais bacana.

Pode ser texturizada, com detalhes ou acetinada, mas precisa ser vermelha! A cor, inflamada e sedutora, foi destaque absoluto nas bolsas desfiladas nas passarelas de inverno 2017.

Na Gucci, Alessandro Michele combinou a versão de couro réptil com vestidos super-estampados e vibrantes. Na Valentino, o modelo de couro liso foi um ponto vibrante meio à estética neorromântica. Na Fendi, a aposta foi o total red. O resultado foi um visual forte e intrépido.

 

Vermelho tem o poder de elevar a confiança de toda mulher, exala glamour, é sexy e sedutor realçando qualquer tom de pele. Quase toda mulher possui uma peça vermelha no guarda-roupa e este promete ser o ano ideal para adquirir peças nesta cor, tendo em vista a variedade considerável que irá invadir as lojas.

Vermelho é  também, uma das minhas escolhas favoritas para as unhas, assim como o batom — que esta sempre em alta. A versatilidade desta cor é ilimitada, sendo perfeita para entradas marcantes. Então, siga a sugestão das passarelas e divirta-se!

 

Beijinhos,
Cah

 

Depois da overdose de veludo nos desfiles de inverno lá fora, é óbvio que nós também veríamos a textura por aqui. A versão com aparência molhada dá novos ares ao mood oitentista por meio de códigos mais urbanos.

Como usar? Em total looks, shapes esporte e tons sofisticados, tipo vinho e azulão.. Nas passarelas, o visual ecoou na alfaiataria da Giorgio Armani e no evening dress da Valentino, com ar jovem e descolado. Na Dior, Maria Grazia Chiuri transformou uniformes femininos da década de 40 em peças ultrassofisticadas, enquanto a Lacoste apostou num visual esportivo e futurista com o vestido parka com recortes coloridos.


Em alta há um ano, o veludo molhado segue na linha de frente das tendências mais quentes, usados não apenas em looks de alfaiataria esportiva, mas também em peças com perfume étnico. O material, aliás, é perfeito para quem está sempre viajando por ser confortável e não amassar.

O training de veludo molhado da Elie Saab tem nuances transparentes que dão ainda mais personalidade ao conjunto.


A dica é apostar na trend pra dar um toque mais elegante ao look street, deixando a produção com pegada urbana muito mais chique. Outro jeito clássico de adotar o tecido, é combinar com camisas ou suéteres nos dias frios.

Para ficar bem feminina, combine com renda; se quiser fazer a sensual/descolada, coloque uma peça de couro, e quando quiser ares mais descontraídos, coordene com um jeans.

Vejam abaixo uma seleção que fiz especialmente para vocês se inspirarem!

 

 

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS (C) MADAME CARLOTA                        Programação: Sara Silva