• 3 outubro, 2017 | Moda, Tendência
    Pantacourt
  • 03.10.2017 Pantacourt

    Não tem jeito, as opções serão muitas, e é muito provável que você experimente uma – e acabe se rendendo à peça.
    O modelo que deixa os tornozelos bem à mostra, pode não favorecer todo mundo, mas sempre há aquele truque de styling pra dar um help, né?!

    O salto alto ajuda a alongar a silhueta, mas, se você não abre mão do conforto, opte por modelos de sapato que lembrem o estilo masculino. Chique! O clássico combo P&B é uma ótima pedida para usar a Pantacourt no escritório, viu!?

     

    No passeio com as amigas é a hora de ousar! Invista em modelos com tiras, pedrarias ou estampas divertidas. Tá liberado fazer um mix de cores e estampas também, tá?

     

    Nos dias de folga, nada melhor do que conforto! Encoste os saltos e passeie com modelos baixos. As rasteirinhas e espadrilhes são charmosas e fresquinhas. No inverno, combine com bota de cano médio, tricô ou uma bela jaqueta biker de couro.

     

    Inspirem-se!
    Cah 💋

    Quando você pensa no verão, qual é a primeira cor que lhe vem à cabeça? Ponto para você se escolheu o branco! E que tal ir um pouco mais além? Que tal um look all white?

    É instantâneo! Basta vestir all white para conferir leveza e uma elegância fresh ao seu look.

    Um look total white pode ser usado com acessórios em tons terrosos, como camelo, mostarda, marrom, além dos de camurça. Se for uma ocasião mais formal, aposte no prata e dourado. As produções branquinhas precisam do foco nos complementos pra ganhar um ar mais sofisticado.

    Vejam esse modelo da Murau que eu escolhi… um arraso!

     

    Conjunto – Murau | Bolsa – Tory Burch
    Beauty – @danielbrazilsp | Photo – Dani Botelho

     

    Que tal?
    Beijinhos, Cah 💋

    Só deram elas na última semana de moda em São Paulo.  As listras prometem vir com tudo na próxima temporada, além de deixar o look mais chique, a estampa na vertical ainda ajuda a alongar a silhueta.

    Nesta edição da SPFW, a Iódice, uma das principais marcas brasileiras, apostou em peças assimétricas e misturadas com outras texturas e brilhos.

     

    Já a Apartamento 03 levou uma alfaiataria esperta para a sua coleção. As listras em tons vibrantes ganharam movimento nas modelagens.

    Patbo preferiu a delicadeza de tons pastel para as listras de sua coleção, inspirada em balneários vintage.

     

    Lenny Niemeyer se inspirou nas artistas Hilma Af Klint e Emma Kunz, precursoras do abstracionismo geométrico, com peças cheias de listras e grafismos.

     

    Que tal? Inspirem-se e divirtam-se!

    Beijinhos
    Cah 💋

    No vaivém da moda, os modelos de cintura alta voltam ao protagonismo.

    Primeiro foi o skinny de cintura super alta, o preferido das moderninhas de Londres. Depois, a flare e, na sequência, o mom jeans, aquele meio sem forma, de cós alto, shape reto e comprimento nem lá nem cá. Agora, todos eles estão de volta, convivendo em harmonia.

    Se tem cintura alta e modelagem descolada, vale o investimento. E não faltam referências de musas dos anos 80 e 90 para buscar inspirações para looks atuais.

    • Flare

     

    • Skinny

     

    • Mom Jeans

     

    Bem-vindas à era dos brilhos e tons contrastantes.

    O preto e o cinza podem até ser unanimidades no inverno, mas um toque de cor, às vezes, pode fazer toda a diferença nas produções dos dias frios. É aí que entra o mostarda.

    Tendência nas passarelas de inverno 2017, o tom mais escuro de amarelo é aposta certa para atualizar o look sem muito esforço. Versátil, a cor forma um par perfeito com outros tons terrosos, como o marrom e o vinho.

    Na hora de aderir à tendência, invista em tricôs, blusas de gola alta e vestidos ou calças de veludo. O resultado é muito cool. Vejam algumas dicas e inspirem-se!

     

     

     

     

    Vamos combinar que mais de 80% das mulheres brasileiras são insatisfeitas com seu corpo. A boa notícia é que na hora de se vestir existem vários truques que podem valorizar características que desejamos, entre elas: afinar e alongar.

    Conheça algumas dicas de como se vestir a seu favor para causar esse efeito:

    1. Vestidos ou saias evasê
    O volume desse tipo de modelo proporciona uma ilusão de ótica fazendo a perna parecer mais fina. Quanto maior for o espaço entre a peça e a perna, mais estreita a perna vai parecer.

     

    2. Sapatos Nudes ou com transparência 
    Um dos principais truques de alongamento é montar um visual com mínimo de cortes na horizontal. O sapato nude (tom da pele) ou aqueles transparentes (super tendência!) dão sensação de continuidade das pernas, alongando a silhueta.

     

    3. Estampas verticais
    As estampas podem ser ótimas aliadas na hora de dar forma ao corpo. As estampas horizontais dão efeito de volume, já as verticais orientam o comprimento. Para um efeito longilíneo opte por estampas verticais que criem linhas no seu corpo.

     

    4. Calça Flare 
    A calça Flare ou Boot Cut são ótimas para alongar a perna! Por serem mais larguinhas não marcam a panturrilha. Use com um salto alto e deixe a bainha da calça quase beijando o chão. O efeito é no ato!

     

    5. Calça Jeans sem lavagens
    As lavagens mais claras nas coxas, quadril ou panturrilhas dão destaque, acrescentando volume na região. Experimente usar jeans lisos e de preferência em tons mais escuros.

     

    6. Cintura alta
    As peças com cintura alta destacam a cintura e aumentam a silhueta por não deixar claro aonde as pernas se iniciam.

     

    7. Monocromático
    Além de ser uma tendência super elegante, os looks com uma cor só acabam com cortes horizontais, o que é ótimo para alongar a silhueta.

     

    8. Sapatos de bico fino + peito dos pés à mostra
    Opte por deixar o peito dos pés livres, quanto menos cortes melhor! Sapatos de bico fino, como scarpins e sapatilhas alongam e afinam as pernas.

     

    Modelo derivado da moda “maxi” faz sucesso entre as famosas e fashionistas

    Quando o assunto é moda, as pessoas não cansam de se reinventar. Todo momento surgem novas tendências; às vezes renovadas de temporadas passadas, às vezes com uma proposta futurista e moderna. Com os acessórios acontece o mesmo. No outono/inverno deste ano, a vedete são os brincos “lustre”. Já ouviu falar?

    Os brincos lustre são, como o nome sugere, brincos grandes e pomposos produzidos com muitas pedras e detalhes.

    As peças desse modelo que mais fazem sucesso são as bem trabalhadas, ricas em minúcias. Os brincos que possuem mais pedras e detalhes, aliados a um design moderno, têm agradado as mulheres pois eles se tornam o destaque do look.

    Porém, deve-se ter muito cuidado na hora de compor a produção. Se o brinco for muito grande não há necessidade de usar colar. Se optar por usar outra peça, o ideal é que seja um anel ou pulseira minimalista. Também é preciso atentar para o tipo de roupa para não sobrecarregar o look.

     

     

     

     

     

     

    No grupo de peças essenciais do guarda-roupa de qualquer mulher, as saias nunca deixam de se fazer presentes. Toda mulher tem pelo menos um modelo no armário.

     

    Mini Saia
    Ela continua, mas não tem nenhum jeito novo de usar. A mini saia está na moda desde os anos 1960, às vezes fica pouquinho, às vezes tem algumas colegas (como a mídi) e às vezes vem sozinha ou pula uma estação, mas ela nunca deixou de aparecer em nossas vidas.

     

    A Mini combinada com a bota de cano médio = uma dupla e tanto: o formato em linha A da saia dá um ar girlie ao look, que é devidamente equilibrado pelo peso das botinhas.

     

    Esse mood delicado ainda pode ser dosado com saltos de bicos finos, deixando a produção supersexy.

     

    O que é importante ressaltar é que ela fica fora dos ambientes formais e não são bem vindas no escritório, ok Madames?

     

    Saia Mídi
    As saias mídi são um sucesso e o comprimento da vez, mas deve-se tomar muito cuidado, pois seu uso pode ficar a um passo de um look envelhecido. Há diferentes maneiras de usa-la e por ser uma peça super romântica, se encaixa perfeitamente na tendência ladylike. Dependendo do look, pode até ficar com uma cara mais lúdica.

     

    -De couro
    Ótima maneira de trabalhar essa tendência, pois quebra um pouco do romantismo e dá um ar mais moderno ao visual. Experimente com um salto mais grosso e suéter.

     

    -Estampada
    Ela quebra a seriedade que o modelo traz. Use com uma blusa de outra estampa e faça um mix poderoso.

     

    -Plissada
    Com uma camisa jeans, um maxi colar e um salto grosso. Look arrasador, pronta para arrasar durante o dia e a noite!

     

    Para conseguir o ar jovial e moderno, aposte em calçados fora do convencional. Experimente peças mais leves como cropped, uma camisa e sempre opte por sapatos decorados e não óbvios.

    Para as baixinhas, os looks monocromáticos são a melhor opção, pois alongam a silhueta, sem fazer um “corte” no visual. Outra dica é apostar nas saias de corte reto ou evasê, pois criam uma linha reta na silhueta dando a impressão de alongamento. E nem pensem em rasteirinhas, vamos deixar essa opção para as mais altas, ok?

     

    Saia Longa
    Democráticas, é uma das peças mais femininas do guarda-roupa de uma mulher. Caem bem em qualquer ocasião, pode e deve ser usada o ano todo.

    Para um visual mais despojado, combine a saia longa com peças clássicas, como uma rasteirinha e uma camiseta básica. Impossível errar!

     

    Para a noite e ate mesmo uma reunião de trabalho, invista em uma camisa de alfaiataria e, um belo salto alto.

     

    E para as baixinhas, seguimos a mesma regra da saia mídi. Invista num visual monocromático, não necessariamente da mesma cor, tons parecidos já dão um efeito de continuidade.

     

    Já para as que estão um pouco acima do peso, evitem as de modelo mais volumosos e estampados, por marcar bastante o quadril não favorecem a silhueta. Opte por uma saia de corte reto combinada por uma blusa mais larguinha e garanta um visual bem elegante.

     

    A regra da passarela de Inverno 2017 é subir as golas. Isso quer dizer que vale resgatar aqueles suéteres turtle neck do final dos anos 80. As peças com a gola mais alta, cobrindo todo o pescoço, são mais comumente associadas às temperaturas baixas do outono/inverno. Por isso, podem ser boas substitutas para um cachecol, por exemplo.

     

     

    O que se vê muito pelas ruas são as golas rolê combinadas a muita sobreposição – sejam blusas sobre blusas ou com grandes trench coats.

     

    A gola rolê também pode ser uma aliada caso você queira alongar a silhueta e o rosto. Na hora do styling, prenda o cabelo para potencializar esse efeito. Também vale colocar parte das madeixas para dentro da gola. Fica super estiloso!

     

    E se engana quem pensa que as golas altas aparecem só em blusas fininhas, à la segunda pele. Para destacar a região do pescoço, por exemplo, vale apostar em um modelo mais máxi e bufante. Eu adoro!

     

    Como aqui no Brasil não faz tanto frio assim, a gente mostra jeitos de usar gola rolê e não passar calor! Que tal combinar aquela blusinha cropped de gola rolê com saia alta? Fica um charme!

     

    22.06.2017 Xadrez ou Tartan

    Que a moda tem revisitado os anos 90, isso não é novidade, mas de seu mais recente passeio por lá ela trouxe para as coleções de outono/inverno 2017 um elemento da cultura escocesa, que já foi dos punks e, na década em questão, incorporado ao visual dos grunges (em suas inseparáveis camisas de flanela): o xadrez vermelho. Mas não estamos falando do xadrez comum, não, estilo vichy, mas do poderoso tartan, padrão nascido há milênios na Grã Bretanha para distinguir clãs.

     

    Com algumas linhas a mais, além das que formam os quadradinhos simétricos das toalhas de piquenique, o tartan caiu nas graças da moda e hoje, mais uma vez, ganha forças em diversas coleções. Mesmo com significado talvez mais vago do que nunca no que diz respeito a cultura – dessa vez ela não está atrelada a nenhum movimento, além do movimento fashion -, essa promete ser a estampa mais vista da estação.

     

    Antes bucólico e campestre, o tartan volta modernizado, urbano e com várias cores. A vantagem é que o xadrez típico escocês pode agradar a todos os gostos: desde a forma mais tradicional até abordagens descoladas. Casacos, saias e cachecóis são exemplos de peças que aceitam bem a estampa. Inspire-se na nossa seleção.

     

     

     

     

    TODOS OS DIREITOS RESERVADOS (C) MADAME CARLOTA                        Programação: Sara Silva